TEMAS & REFLEXÕES

Página de debates de questões da atualidade

Arquivem esta reforma! E já!

with 4 comments

Cláudio Moreno  (*)

 

Esta anunciada reforma é ineficaz, amadora e espantosamente prejudicial ao nosso sistema de ensino. Se o Brasil ainda guardar uma pequena reserva de sensatez, vai esquecer esta proposta para sempre e sepultá-la no cemitério das idéias malucas, de onde ela nunca deveria ter saído. Em primeiro lugar, é ineficaz porque não conseguiria alcançar o que pomposamente anuncia — unificar a grafia em todos os países que compartilham nosso idioma. O sistema ortográfico brasileiro e o português são muito parecidos; como dois navios paralelos, singram o oceano sempre na mesma direção, a vinte metros um do outro. A atual reforma conseguiria aproximá-los para dezessete metros — isto é, iria diminuir três metros da distância, a qual, no entanto, continuaria a existir. É muito custo e muito trabalho para muito pouco proveito. Daqui a uns trinta anos, tudo ia começar de novo. Em segundo lugar, é amadora porque pouco ou quase nada simplifica o trabalho de aprender e de ensinar a ortografia; elimina algumas regrinhas secundárias, embaralha ainda mais (se é que isso é possível!) o emprego do hífen e, ironia suprema, quer suprimir o acento de pára (verbo), usado para distingui-lo da preposição para — logo um dos raríssmos acentos diferenciais que teria toda a justificativa para continuar existindo. Em terceiro lugar, causaria um dano incalculável ao sistema de ensino. Hoje convivem brasileiros que foram alfabetizados (1) pelo modelo anterior a 1943, (2) pelo modelo definido pelo Acordo de 1943, (3) pelo modelo modificado pelo Acordo de 1971; já vivemos um quadro suficientemente complicado e não precisamos acrescentar mais uma camada nesse pandemônio. Ortografia precisa de tempo para sedimentação — e isso se conta em séculos, não em décadas. Uma nova reforma aumentaria ainda mais a insegurança que todo brasileiro tem na hora de escrever — insegurança essa, como podemos ver, absolutamente justificada. Parem de brincar com o que não entendem; deixem nossa ortografia em paz! 

 

(*)  Professor e escritor, comenta assuntos referentes à língua portuguesa para o Grupo RBS e é autor, entre outros livros, do Guia Prático do Português Correto – Ortografia (Porto Alegre, LP&M, 2003). “Arquivem essa reforma e já” foi publicado originalmente em outubro de 2008 em http://wp.clicrbs.com.br/ sualíngua/ . No mesmo endereço eletrônico podem ser lidos mais nove artigos de Cláudio Moreno sobre o acordo ortográfico. 
Anúncios

Written by graphiaeditorial

23 de outubro de 2009 às 16:20

Publicado em Uncategorized

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Só pra saber: como ficam as correções de provas de concurso, ENEM, etc? As bancas e os editais estão divulgando como vão proceder ou fica por conta da lua de quem corrige? Os estudantes é que acabam se dando mal…

    auxiliadora

    26 de outubro de 2009 at 19:23

    • Auxiliadora: se não revogarem a lei, como reclama Cláudio Moreno,convém até 2012 – quando as mudanças se tornam obrigatórias – buscar a resposta caso a caso.

      graphiaeditorial

      26 de outubro de 2009 at 20:55

  2. Interrompemos, a partir de hoje, a série de reflexões sobre o Acordo Ortográfico. Ela será reiniciada, porém, sempre que novos artigos e comentários alterem significativamente o conteúdo já reunido, seja acrescentando fatos e informações, seja fazendo correções indispensáveis.
    Agradecemos a participação de todos.

    graphiaeditorial

    17 de dezembro de 2009 at 19:42

  3. Confirmam-se os prognósticos de artigos e comentários aqui reunidos. Em dezembro último, diante da falta de adesão dos demais países de língua portuguesa às mudanças propostas, o governo brasileiro decidiu adiar para o ano de 2016 a obrigatoriedade de se escrever conforme estabelece o Acordo Ortográfico de 1990. Por mais três anos, os brasileiros, alfabetizados ou em fase de alfabetização, continuarão a conviver com duas normas ortográficas simultâneas e divergentes, dois dicionários, duas gramáticas, tal como acontece desde 2009.

    graphiaeditorial

    26 de março de 2013 at 20:24


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: